Fale Conosco!
Postado em 06 de Fevereiro às 16h41

O que você precisa saber, antes de querer montar um laticínio.

Notícias (4)

Um laticínio é um excelente negócio, mesmo para aqueles que procuram por projetos mais modestos até os grandes laticínios, a rentabilidade do negócio e a agregação de valor da matéria-prima são expressivos. Por isso, muitas vezes pode despertar o interesse de empreendedores em investir nesta modalidade.

Como para todo planejamento, antes de montar um negócio é necessário elencar alguns parâmetros. Assim, o empreendedor pode ter uma ideia mais concreta do projeto, podendo então, adapta-lo para evitar problemas e adequá-lo as condições estabelecidas.

Um dos pontos mais importantes que deve ser pensado são quais tipos produtos lácteos produzir. Um produto único ou gama de produtos, deve ser muito bem pensado, esta opção na fase o planejamento da implementação de um laticínio. Tanto o leite envasado quanto o queijo são os produtos mais lembrados quando se pensa em produtos lácteos e podem ser um ponto de partida interessante. Fora estes dois derivados, existem um rol grande de produtos que podem ser fabricados a partir do leite, os derivados lácteos.

Quanto mais derivados se coloca no planejamento, deve-se ter em mente que serão necessárias mais máquinas e mais mão de obra por parte da fábrica para processar e produzir esses derivados. É necessária uma avaliação de quais derivados lácteos o empreendedor tem mais interesse em produzir e quais darão mais rentabilidade.

Aliado a isso, recomenda-se verificar o perfil de consumo da região onde o laticínio irá comercializar o seu produto. Tamanho da população, se instalada perto de rodovias, características de consumo da população local, valores dos produtos lácteos locais ali comercializados e etc.

Por exemplo, você pensa em fabricar queijos finos, só que o laticínio está numa localidade no interior, longe de uma capital e a característica da sua região é comer queijo colonial. Você pode até produzir e tentar colocar no mercado os queijos finos, contudo terá uma pouca demanda e uma saturação de mercado muito rápida, sendo que poderia estar com uma rentabilidade maior fabricando um queijo colonial padrão e um queijo colonial diferenciado é necessário ter o produto certo para cada região.

Outra preocupação pode parecer óbvia, sim é muito importante para toda a logística de um laticínio é a origem do leite. O leite é uma matéria prima diferenciada, que deve ser pensada não só no aspecto da qualidade, mas de como será toda a logística e a política envolvida para que o leite chegue à agroindústria.

Se o empreendedor já é produtor de leite, pode facilitar muito esse processo, cuidando apenas de aspectos logísticos de levar o leite até a indústria dentro da propriedade. Contudo, para aqueles que não têm ainda produção própria deve haver um estudo maior avaliando vantagens e desvantagens, por exemplo, não produzir leite apenas compra-lo de produtores selecionados, ou começar a produzir leite e possivelmente comprar a produção de vizinhos.

Tudo isso, tem que ser muito bem pensado para que se faça uma análise correta da viabilidade do negócio e para obter uma qualidade da matéria-prima e do produto final.

O aspecto burocrático é também importante, quando se está desenvolvendo um projeto de uma indústria que irá processar produtos de origem animal (POA), existe uma preocupação por partes das autoridades governamentais em relação às condições sanitárias da matéria prima, da indústria e dos produtos processados. Por isso, é necessário um estudo sobre essas exigências legais com a finalidade de deixar todos os parâmetros pedidos de forma correta.

No âmbito de vendas municipal, estadual e federal pode mudar o nível de exigências e legislações, é recomendado que primeiramente se entre em contato com os órgãos de apoio a extensão rural, que realizam um papel importante de auxilio na questão de materiais e de projeto bem como ir atrás das normativas para que se tenha um entendimento burocrático.

Como visto, apesar de bastante rentável o negócio de laticínio é importante um bom estudo prévio analisando os diversos aspectos para implementação de um projeto de agroindústria.

Suck Milk estará fazendo uma série de artigos com o intuito de ajudar os empreendedores a tomar melhor as decisões de seus projetos, que abordam principalmente a busca de informações e a formulação de estratégias para que o laticínio seja um sonho concreto, realizável e rentável.

A Suck Milk possui a linha completa de equipamentos para agroindústrias de leite, além de equipamentos para higienização e câmara-frias. Aliado a isso prestamos o serviço de projeto para laticínio que se torna essencial para quem pensa em montar um laticínio. Entre em contato conosco para saber mais.

Veja também

Como aumentar a lucratividade na Produção de Leite15/05 Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o último censo mostra que quase a metade das propriedades rurais no Brasil são pequenas e gerenciadas por famílias. Esse produtor rural se mostra preocupado e portanto busca alternativas para ampliar sua atuação no mercado e melhorar a sua renda. Apenas produzir o leite e vendê-lo ainda cru,......
Devo me preocupar com a Brucelose?31/07 Brucelose humana A Brucelose é uma doença infecciosa e altamente contagiosa que pode atingir diversas espécies como: bovinos, suínos, equinos, caprinos, ovinos, cães e inclusive o homem. É muito mais comum......
Montar um laticínio: Protocolos, por onde começar.30/05 Se você está lendo esse texto é muito provável que já tenha visto que montar um laticínio na propriedade é vantajoso e lucrativo. E se está seriamente inclinado a fazer isso, algumas etapas são......

Voltar para Informativo

contato

Entre em contato conosco

Produto
Nome
E-mail
Telefone
Resolva :