Fale Conosco!
Postado em 09 de Maio de 2018 s 19h42

NOVA LEGISLA플O PARA FABRICA플O DE QUEIJO EM MINAS GERAIS

Suck Milk auxilia na implementação de laticínios

A produção de queijo realizada em Minas Gerais de forma artesanal, com leite cru, não pasteurizado, deve mudar com a nova legislação. A mudança é exigida em função do risco pela contaminação nos queijos por diversos meios, como ar, água ou até mesmo do próprio manipulador. 

Os fabricantes de queijo passam a receber auxílio para legalizar seus laticínios através do projeto da Emater, que ajuda a adaptar a produção caseira. Afinal, a produção rural pode ser uma fonte de renda importante para as famílias. 

A Suck Milk, empresa com mais de 20 anos de atuação no setor, é especializada em agroindústrias. Realiza suporte completo ao agricultor, auxilia na legalização das fábricas de queijo e disponibiliza uma completa linha de equipamentos que atendem a todas as necessidades - clique aqui e conheça os nossos produtos

Com ou sem recurso, quem faz queijo ou qualquer outro alimento processado para a venda, em propriedades rurais de Minas Gerais, vai ter que se profissionalizar. O IMA - Instituto Mineiro de Agropecuária, editou uma portaria estabelecendo normas para fabricação de produtos provenientes de agricultura familiar. Saiba mais em http://www.ima.mg.gov.br/queijo-minas-artesanal

Quem trabalha com leite pasteurizado têm prazo de dois anos pra se adequar. Período em que pode continuar fabricando e vendendo seus produtos. Quem lida com leite cru, não pode mais vender queijos produzidos, deste modo será necessário se adequar. 

Para atender a legislação, o queijo agora tem que ser feito dentro de uma agroindústria. Indiferente do tamanho, a qualidade do laticínio é o diferencial. A divisão, como uma área específica para recepção, processamento, maturação, embalagem e, também, a expedição do queijo é indispensável.

O Programa Queijo Minas Artesanal, feito a partir de leite cru, não pasteurizado - promove a identidade dos queijos artesanais produzidos nas regiões do Araxá, Campo das Vertentes, Canastra, Cerrado, Serra do Salitre, Serro e Triângulo Mineiro.

O interessado em cadastrar-se como produtor de Queijo Minas Artesanal deve atender as especificações referentes à produção, equipamentos, higiene, controle de saúde dos trabalhadores e dos animais, entre outros.  

A Suck Milk sempre teve como objetivo desenvolver projetos e produtos que auxiliam as famílias rurais a produzirem produtos de qualidade, com equipamentos que seguem as normas de processamento de alimentos. Clique aqui e conheça uma agroindústria equipada com produtos Suck Milk. Caso necessite de mais informações, entre em contato com nossa equipe!

 

Fonte:

https://www.almg.gov.br/acompanhe/noticias/especiais/queijo/index.html?albPos=1 

http://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural/noticia/2018/03/fabricantes-de-queijo-recebem-auxilio-para-legalizar-seus-laticinios-em-mg.html 

http://www.ima.mg.gov.br/queijo-minas-artesanal 

Veja tambm

Queijos: Demanda por produtos gourmet gera oportunidades09/09 Já é nítida a mudança no comportamento do consumidor, isso em qualquer segmento do mercado nacional. Porém a demanda é cada vez maior no setor alimentício. O mercado atento à esse novo comportamento tratou de se adaptar e entregar o que o cliente quer consumir. A partir dessa nova exigência muitos alimento ganharam novas versões e entraram na......
Importncia da Pasteuriza豫o do leite para o processo industrial18/06 O leite é um alimento de extrema importância para a humanidade, por conta da sua composição química e biológica. E pela mesma razão é um excelente substrato para microrganismos, que como o homem, utilizam......

Voltar para Informativo

contato

Entre em contato conosco

Produto
Nome
E-mail
Telefone
Resolva :